Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

GASMIG APRESENTA TECNOLOGIA EM GNV NA 3ª FEIRA DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE BARBACENA

Compartilhe:

A Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig) estará presente na 3ª Feira da Indústria e Comércio de Barbacena, entre os dias 20 e 23 de maio, apresentando o que há de mais moderno em tecnologia para conversão de carros para o gás natural veicular (GNV), o kit de 5ª geração (injeção eletrônica de gás). Atualmente, os usuários de GNV alcançam uma economia de até 60% com o combustível, se comparado àqueles que utilizam a gasolina, que sofreu um reajuste de cerca de R$ 0,30 por litro na região. Além disso, os kits de 5ª geração proporcionam uma redução de, aproximadamente, 20% na emissão de CO2.

Quem visitar a Feira terá a oportunidade de conhecer mais sobre o energético, suas vantagens e curiosidades. Técnicos da Gasmig estarão em um estande, com um carro movido a GNV, fazendo testes, simulações de economia para usuários de diferentes tipos de veículos e esclarecendo quaisquer dúvidas.

De acordo com o coordenador de GNV da Companhia, Welder Souza, o kit de 5ª geração chegou ao mercado para revolucionar o uso do gás natural nos carros. “Além de gerar uma economia considerável nos gastos com combustível, que, agora, por exemplo, chega a até 60%, o GNV é menos poluente e, ainda, garante um bom desempenho para quem dirige, o que é o grande diferencial da injeção eletrônica de gás.”

Para o diretor comercial da Gasmig, Sérgio da Luz, que também participará do evento, os moradores de Barbacena e região têm tudo para contribuir para a disseminação do uso de um combustível menos poluente. “Barbacena conta com dois postos de GNV, outras cidades do Estado, algumas até maiores do que esta, não têm a mesma facilidade. Aqui, os motoristas que optam pelo energético podem, inclusive, contribuir para a melhoria da qualidade do ar que respiram”, enfatiza. A diretora administrativa da Companhia, Ana Paula Lycurgo Leite, também visitará a Feira.

Algumas dicas para quem quer converter o veículo para o GNV

Conversão
Quem migra da gasolina para o GNV deve tomar alguns cuidados. É importante ter atenção e realizar a instalação do kit GNV, somente em oficinas credenciadas, verificando se o estabelecimento é homologado junto ao Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO). As oficinas credenciadas pelo INMETRO podem ser consultadas no endereço eletrônico:
http://www.inmetro.gov.br/infotec/oficinas/lista_oficinas.asp

Inspeção

Após instalar o Kit GNV em uma das oficinas homologadas, o veículo deve ser levado a um Organismo de Inspeção Acreditado pelo INMETRO (OIA), para realizar a vistoria no veículo. Nesse momento, é importante levar a nota fiscal original dos serviços e das peças utilizadas na conversão. O documento a ser obtido no OIA é o Certificado de Segurança Veicular (CSV), atestando que foram adotados todos os critérios do INMETRO e da Norma 11353 da ABNT, que estabelece os padrões de qualidade das conversões. Os OIAs podem ser consultados no endereço eletrônico:
http://www.inmetro.gov.br/organismos/resultado_consulta.asp

Teste dos cilindros de GNV

A cada cinco anos é necessário realizar o teste do cilindro, atualmente os cilindros autorizados são os de cor amarela. Atenção! Aqueles usuários, que ainda estão com os cilindros da cor rosa devem providenciar imediatamente os testes, pois estão sujeitos à multa e retenção do veículo. Para realizar o procedimento, os usuários também devem procurar um das oficinas convertedoras homologadas pelo INMETRO.

Regularização do Veículo

Também é preciso realizar uma alteração da documentação do veículo, onde deverá constar no campo “Observação”, do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV), o número do Certificado de Segurança Veicular (CSV). Os OIAs também fornecem um selo para os veículos convertidos, cujo porte é obrigatório, juntamente com o CRLV.

Segurança

Como as medidas de segurança nunca são demais, ao abastecer, é necessário sair do veículo. Mas é importante destacar que esta medida não é valida somente para o GNV. Então, fica a dica: independente do combustível a ser abastecido, alguns procedimentos de segurança devem ser adotados, tais como: desligar o veículo, não utilizar aparelhos celulares, não fumar ou acender chama e no caso dos motociclistas, descer da motocicleta.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Notícias Relacionadas

Gás Natural e a Inteligência Artificial: tecnologia demanda combustível sustentável

O Gás Natural e a Inteligência Artificial apresentam uma relação mais estreita do que se pode imaginar e podem alavancar o desenvolvimento de qualquer região. A inteligência artificial é um campo...
9 maio 2024
Centro-Oeste

Gasmig detalha Projeto Centro-Oeste para empresários da região

O presidente da Gasmig, Gilberto Valle, acompanhado de colaboradores, esteve na sede da Fiemg Regional Centro-Oeste, em Divinópolis, na manhã desta quarta-feira (08/05). O encontro reuniu empresários da região para...
8 maio 2024

Colaboradores da Gasmig fazem visita técnica à SAE Towers

Na última quinta-feira (02/05), alguns colaboradores da Gasmig estiveram na SAE Towers para uma visita técnica. Na oportunidade, foram discutidas oportunidades de otimização do contrato de fornecimento do gás natural,...
7 maio 2024
abastecimento

Sul de Minas é contemplado com posto de abastecimento GNV

A Gasmig comemorou o início das operações de mais um posto de abastecimento de Gás Natural no Sul de Minas Gerais. Com efeito, a Operação Assistida, que consiste em uma...
7 maio 2024
curiosidades

O gás natural e suas curiosidades: o que é, como foi descoberto, suas vantagens e para que serve

Você tem curiosidades sobre o que é o gás natural? É um combustível fóssil composto por uma mistura de hidrocarbonetos como o metano e o etano. Em síntese, ele é...
6 maio 2024
segurança e sustentabilidade

Gás natural é opção de segurança e sustentabilidade

O Gás natural é uma opção de combustível que traz muita segurança e sustentabilidade, além de apresentar muitas possibilidades de utilização. Cooktop, forno, aquecimento de água, secadoras de roupas, sistemas...
2 maio 2024
Pular para o conteúdo