Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

MOTORISTAS OPTAM POR GNV PARA EVITAR AUMENTOS DA GASOLINA, MAS OFERTA É PEQUENA NA REGIÃO

Compartilhe:

Procura pela instalação dos kits com o gás natural já chega a 400%.

 

Procura pela instalação dos kits com o gás natural já chega a 400%.
O alto preço da gasolina tem feito com que motoristas da região procurem uma alternativa para fugir dos constantes aumentos do combustível e também do álcool. Uma dessas alternativas é o gás natural veicular (GNV). A procura pela instalação dos kits de gás natural veicular já chega a 400%.

Na região, o gasoduto tem 110 quilômetros de extensão. Ele passa por Jacutinga (MG) e chega até Poços de Caldas (MG). Nesse caminho, apenas dois postos estão ligados ao gasoduto e oferecem o gás veicular. Um em Andradas e outro em Poços de Caldas. Quem usa o gás natural diz não se usando outros tipos de combustíveis.

“Poderia até comprar (carro com outro combustível), mas no outro dia já colocaria o kit gás, bem vantajoso, em pouco tempo você já paga o valor do kit que você vai gastar para instalar”, disse o empresário Tiago Navarro.

Em todo o estado, mais de 32 mil veículos já circulam com o gás veicular. No ano passado, foram comercializados cerca de 91 mil metros cúbicos de gás por dia, uma alta de 2,6% em relação ao ano de 2016.

“A gente tem observado uma procura muito grande por veículos, principalmente frotistas, taxistas, pessoas que andam muito com o veículo, que aí a economia pode chegar a R$ 6 mil, R$ 7 mil por ano”, disse o coordenador comercial da Gasmig, Leandro Taets.

Na única oficina credenciada para a instalação dos kits, em Poços de Caldas, a média subiu de quatro para 20 novos equipamentos por mês.

O custo médio dos kits é de R$ 4 mil. Depois que a instalação é feita, os carros precisam passar por uma vistoria em um órgão de inspeção credenciado pelo Inmetro, para garantir a segurança.

“Dentro da inspeção do gás a gente verifica possíveis vazamentos, funcionamento adequado dos veículos, é feita a análise de gás, análise de ruído, o veículo movido a gás é um veículo com certeza que estará sendo inspecionado todo ano e a segurança dele é mais garantida”, disse o responsável pela vistoria, Luiz Alves Esteves Júnior.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Notícias Relacionadas

Gasmig enfatiza compromisso de minimizar impacto ambiental na construção do gasoduto Centro-Oeste

Minimizar o impacto ambiental na construção do gasoduto Centro-Oeste é uma preocupação da Gasmig. Afinal, ações para minimizar estes impactos está previsto, também, na estratégia ESG da Companhia. A implementação...
22 abril 2024

Gasmig participa de plano de contingência em Juiz de Fora

A prefeitura de Juiz de Fora realizou no dia 17/04, no auditório da sede, uma reunião de fechamento sobre o Plano de Contingência de riscos geológicos e hidrológicos de Juiz...
18 abril 2024
Imersão indústria

Gasmig participa de painel no Imersão Indústria

Gás Natural na Indústria foi o tema apresentado pela Companhia   A Gasmig está participando do Imersão Indústria, evento realizado pela FIEMG, e participou, nesta quinta-feira (11/04), do painel Cases...
11 abril 2024
Centro Oeste

Abertura de pista e desfile de tubos marcam a paisagem da região Centro-Oeste

Obras do gasoduto estão a todo gás e contribuem para geração de emprego e renda na região   A paisagem da região Centro-Oeste de Minas começa a ficar um pouco...
8 abril 2024
pacto global

Gasmig adere ao Pacto Global da ONU, maior iniciativa voluntária de sustentabilidade corporativa do mundo

A Gasmig acaba de ingressar no Pacto Global da ONU no Brasil, iniciativa da Nações Unidas (ONU) para mobilizar a comunidade empresarial na adoção e promoção, em suas práticas de...
4 abril 2024
investimento

Gasmig tem maior investimento dos últimos 10 anos

Resultados recordes mostram crescimento uniforme da Companhia em todo o estado. Expansão será maior em 2024 com o Projeto Centro-Oeste   A Companhia de Gás de Minas Gerais – Gasmig...
26 março 2024
Pular para o conteúdo