Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Respeito à natureza é prioridade durante construção do Gasoduto Centro-Oeste

Compartilhe:

Centro-Oeste

Respeito. Esta é a palavra-chave da Gasmig quando se trata de cuidar da fauna e onde está construindo seus gasodutos.

Prova disso é a postura da Companhia com relação aos animais encontrados ao longo dos caminhos onde ficará o gasoduto Centro-Oeste.

Durante o processo de implantação de um empreendimento, espécies de fauna que anteriormente utilizavam o local de intervenção como área de vida necessitam ser afugentadas ou retiradas do local, uma vez que ninhos, tocas, áreas de reprodução e/ou alimentação podem sofrer interferências.

Até o final do primeiro semestre de 2024, foram registrados: 164 resgates; 108 afugentamentos; 159 solturas; e 42 isolamentos/monitoramentos.

Prevenção

Os trabalhos de Afugentamento e Resgate de Fauna Silvestre na obra de implantação do SDGN Centro-Oeste Linha Tronco do Estado de Minas Gerais, tem como objetivo promover o acompanhamento das atividades de supressão a fim de realizar o afugentamento orientado da fauna que estiverem em áreas de supressão da vegetação, e quando necessário, realizar o resgate de espécimes de baixa mobilidade que estiverem em risco.

O afugentamento e resgate de fauna é executado em três etapas:

  • Pré-Resgate: que consiste: (a) na obtenção da autorização de captura, coleta e transporte de fauna e delimitação das áreas de soltura; (b) na mobilização logística e treinamento da equipe de fauna e de supressão;
  • Resgate: na qual se realizam as vistorias prévias nas áreas a serem suprimidas para o afugentamento de médios e grandes vertebrados, e resgate dos pequenos vertebrados terrestres e aqueles com baixa mobilidade, de forma concomitante às atividades de supressão de vegetação, e posterior soltura em áreas pré-determinadas;
  • Pós-resgate: elaboração do relatório fotográfico e relatório técnico das execuções do afugentamento e resgate da fauna silvestre.

Procedimentos

Os animais encontrados nas áreas de supressão são primariamente e preferencialmente afugentados. A captura (salvamento) é realizada quando da ocorrência de indivíduos de baixa mobilidade ou em situação estática que não responderam ao estímulo de fuga, mantendo-se na área de supressão.

A frente de supressão é acompanhada continuamente pela equipe de salvadores da fauna, os quais salvaram os animais deslocados de seus abrigos em copas, galhadas, vegetação rasteira, troncos e no solo, utilizando puçás de saco de pano, pinças, ganchos para répteis e pinções para mamíferos bem como caixas de transporte apropriadas, para translocação dos indivíduos capturados.

Avaliação técnica

Os espécimes capturados passaram por avaliação da equipe técnica, biometria e marcação quando indicado e são soltos imediatamente após a captura em áreas adjacentes a supressão vegetal, pois o empreendimento trata-se de uma obra de baixo impacto a fauna.

São realizadas vistorias nas áreas a fim de localizar ninhos ativos ou inativos, quando inativos os ninhos são retirados e quando ativos são isolados ou translocados para áreas adjacentes, esses ninhos são monitorados até que os filhotes se tornem independentes.

A coleta

Exemplares da fauna nativa silvestre em boas condições e de interesse científicos, coletados nas obras do Centro-Oeste por incompatibilidade com a vida ou que eventualmente vierem a óbito, são destinados à instituição de ensino e pesquisa – Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG, localizada em Belo Horizonte/MG e Universidade Estadual de Montes Claros – UNIMONTES, localizada em Montes Claros/MG.

Animais que precisarem permanecer por maior tempo recebendo cuidados e reabilitação são encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres – CETAS para reabilitação, e após sua total recuperação é realizada sua soltura.

Todos os animais com necessidades de cuidados veterinários são encaminhados às clínicas veterinárias conveniadas, localizada próximo ao traçado do Gasoduto Centro-oeste do Estado de Minas Gerais.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Notícias Relacionadas

desenvolvimento

Gasmig completa 38 anos tendo desenvolvimento como força de atuação

Prestes a completar 38 anos de sua fundação (15/07), a Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig) tem apresentado constante desenvolvimento nos últimos anos e conquistado marcas importantes.  Até 2033,...
9 julho 2024
Gás Natural

Gás Natural é importante fator de desenvolvimento para Minas e para o Brasil

Uma pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) revela que apenas 14% das empresas do setor no Brasil utilizam gás natural no processo produtivo. Os dois principais motivos citados para...
3 julho 2024
COP BH

Gasmig tem acordo de cooperação com COP-BH, que completa 10 anos

O Centro Integrado de Operações de Belo Horizonte (COP-BH) comemorou 10 anos de atuação na capital mineira. A Gasmig possui um Acordo de Cooperação Técnica com o Município de Belo...
2 julho 2024
clientes ligados

Gasmig atinge marca de 100 mil clientes ligados

A Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig) atingiu o marco de 100 mil clientes ligados. O Contrato de concessão previa que a Companhia chegasse a esta marca em dezembro...
27 junho 2024
Minas Summit

Gasmig participa do painel “Minas e suas matrizes econômicas”, no Minas Summit

O Diretor Técnico Comercial da Gasmig, Rodrigo Pazini, participou do painel “Minas e suas matrizes econômicas”, durante o Minas Summit, nesta quarta-feira (26/06). Ao falar sobre inovação, o Diretor Técnico...
26 junho 2024
onboarding

Conselheiros participam do Onboarding Gasmig 2024

Os membros da alta administração da Gasmig participaram do evento Onboarding Gasmig 2024, realizado no CD-RMBH (Centro de Distribuição da Região Metropolitana de Belo Horizonte – Contagem), no dia 25/06....
26 junho 2024
Pular para o conteúdo